Laringoscopia
Trata-se do exame da laringe, incluindo as cordas vocais. 

Indicações 

• Rouquidão ou disfonia; 
• Tosse crônica; 
• Hemoptise (tosse com sangue); 
• Disfagia ou odinofagia (dificuldade ou dor para engolir, respectivamente); 
• Sintomas de refluxo gastro-esofágico, tais como ardor na garganta, aftas na cavidade oral, sensação de globus faríngeo, etc; 
• Prevenção do câncer faringo-laríngeo, principalmente em tabagistas crônicos; 
• Antecedentes familiares de câncer de cabeça e pescoço; 
• Pesquisa de nódulos cervicais; 
• Controle evolutivo de algumas patologias faringo-laríngeas; 
• Controle evolutivo após cirurgias de cabeça e pescoço; 
• Alguns tipos de tratamento tais como retiradas de pólipos ou nódulos vocais, cauterização de lesões vasculares, dilatações de estreitamentos, retiradas de corpos estranhos, etc. 

Como o exame é realizado 

Após algumas horas de jejum, o paciente se apresenta à clínica acompanhado de um adulto. Na recepção ele receberá uma ficha de avaliação pré- endoscópica que deverá ser preenchida e assinada antes do exame. 

É administrada medicação endovenosa sedativa com o objetivo de reduzir a ansiedade e tornar o procedimento totalmente indolor. A laringoscopia dura alguns minutos para ser realizada e após o exame o paciente permanece no repouso até despertar. 

Durante todo o período de exame o paciente é monitorizado com oximetria digital. 

Um equipamento flexível é introduzido pela boca do paciente através de um bocal adequado e progride suavemente pela faringe até atingir a laringe e cordas vocais. Todo esse processo não causa qualquer desconforto, sendo realizado em poucos minutos. Durante todo o procedimento o paciente encontra-se sedado. 

O repouso 

Após a endoscopia laríngea o paciente é encaminhado a outra sala, onde deverá permanecer durante o tempo necessário para despertar, momento no qual terá alta da clínica, sendo liberado pela nossa equipe. 

Após o exame o paciente pode sentir ligeira sonolência e ter lapsos eventuais de memória em conseqüência dos medicamentos sedativos ministrados. É por esse motivo que o mesmo deverá comparecer à clínica acompanhado de adulto e não deverá exercer qualquer atividade que exija atenção por no mínimo doze horas, inclusive dirigir veículos.